sábado, 23 de novembro de 2013

Bem-te-vi



Com os primeiros clarões do dia
Vem uma doce sensação:
É quando piam os pássaros
E meu gato quer companhia;
O cão do vizinho ladra
Ouço passos na calçada
Alguém andando à toa
Vem uma doce alegria
Vontade de ler Pessoa
A rua ainda está vazia
A brisa da madrugada
Da noite foi o que restou

Retruca um bem-te-vi:
É muito cedo ainda
Seu tempo não acabou...




Nenhum comentário:

Postar um comentário